QUAL SERÁ NOSSA MISSÃO.

Missão de vida

Será realmente relevante pensarmos em qual será nossa Missão de Vida? Será necessário alinhar nossa vida pessoal com a profissional com nossa missão? Isso faz diferença na nossa carreira, na nossa vida? Essas são apenas algumas das perguntas com as quais devemos nos preocupar no que tange a nossa missão de vida.
Uma missão forte, que nos impulsiona, mais do que vestir a camisa da empresa, seguindo seus valores, visão e missão. Refiro-me a sua missão pessoal, particular, única. Independentemente de questões místicas, religiosas, nossa missão é um norte, um guia que pode nos dar o caminho que vamos trilhar alinhados com todas as outras áreas da vida.
Nossa missão pessoal, nosso estilo de ser, combina com a organização a qual pertencemos? Se não soubermos para onde desejamos ir, nem o vento mais favorável levará nosso barco para porto algum.

 

PORQUE ACORDAMOS TODOS OS DIAS?

  • Um dos raciocínios que nos ajuda saber qual a nossa missão é:
  • Porque acordo cada manhã? Não podemos dizer que é porque abrimos os olhos….. e sim se perguntar o que realmente faz sentido para a vida. Pensar no seguinte diálogo interno: Ah, acordo disposto para trabalhar e ter sucesso.
  • Perguntar-se para quê? Oras, para ganhar dinheiro e ter destaque.
  • Para quê? Para comprar tudo que se quer, dar conforto a minha família, viajar, etc, etc.
  • Para quê? Para usufruir plenamente a vida?
  • Para quê? Pode parecer óbvio demais, mas continue com esses ingênuos questionamentos e, assim sucessivamente, até que se chegue ao sentimento
    verdadeiro, profundo, motivador.
  • Digamos que chegou a conclusão que sua missão é gerar novos conhecimentos na humanidade promovendo uma existência mais pacífica,
    ou seja lá o que for. Aí cabe observar se o caminho que está trilhando o conduz a essa missão.

As escolhas de cursos que faz, livros que lê, eventos que participa, pessoas com as quais se associa, tipo de trabalho que executa, seu lazer, sua espiritualidade, suas finanças, seus relacionamentos íntimos, coisas com as quais alimenta seu intelecto, enfim, os pilares de sustentação da sua vida, estão lhe aproximando ou distanciando-o de suas metas, da sua missão real?
Isso me levou a pensar no seguinte: se estivesse fazendo 80 anos hoje, e amigos, familiares, conhecidos organizaram uma festa em sua homenagem, o que diriam de mim? Qual legado deixei para as próximas gerações? Construí uma vida digna de nota? Não me refiro a certo ou errado, melhor ou pior, mas sim, de uma vida significativa, agregando valor para mim e os que convivem comigo.
Será que a pessoa de 80 anos ao olhar para trás diria: olha só o que fiz comigo, com meu corpo, com minha mente, com minha família, com minha sociedade. Terá ele seguido sua missão? Vivido intensamente sua vida? A resposta depende de cada um de nós. O que você deseja que seu eu de 80 anos lhe diga, com relação ao que fez com você? Grande parte do stress, das doenças psicossomáticas, de nossos desequilíbrios emocionais, é proveniente de uma vida insatisfatória, sem sentido.
Trabalhamos naquela profissão não porque de fato nos dá satisfação e realização pessoal, mas apenas o sustento. Estamos naquele casamento pela comodidade, pelo costume, pelos filhos, não por amor verdadeiro.

O QUE DESEJAMOS PARA A NOSSA MISSÃO VIDA?

Assistimos à tv pela falta do que fazer, não porque nos faz melhores,e assim arrastamo-nos por uma vida mediana, insatisfatória, sufocante.
Chegamos a sentir depressão quando o dia termina, significa que está na hora de dormir, pois segunda-feira começa tudo de novo! È isso que desejamos para nossas vidas?
Então, mais do que falarmos sobre a política, educação, economia do nosso país, que sem sombra de dúvida tem um papel extremamente importante, estou falando do que estou disposto a fazer comigo mesmo. Preciso parar de criticar os outros, meus amigos, meu marido, meus filhos, etc. Não conseguimos mudar o outro, mas conseguimos mudar a nós mesmos, se assim desejarmos.
Saiba qual é a sua missão, busque coerência entre seu discurso e sua prática, ninguém falou aqui que isso seria fácil, porém é recompensador e estimulante. Á partir daí começamos a refletir sobre as pessoas ao nosso redor, nossa família, nosso trabalho, nossa comunidade, na sociedade. Fazer planos de ação específicos para cada área da vida, planos exeqüíveis, possíveis, positivos, com data de começo, meio e fim. Imagine os possíveis obstáculos que irá enfrentar em cada situação, buscar alternativa, tendo sempre um plano B. Vai precisar de ajuda de alguém? De recursos? Vá atrás. Tome iniciativa. E observe, todo esse esforço está alinhado com minha missão de vida? Em caso afirmativo, nada nem ninguém irá desviá-lo de seu caminho, esse é um dos segredos dos vencedores, eles têm uma missão, por isso são tão resistentes, resilientes, entusiasmados com seus próprios ideais. Vale a pena refletir sobre a sua missão pessoal de vida. Você pode construir sua própria realidade, depende em muito de suas escolhas, a própria física quântica, explica o quanto de poder cada um de nós tem. Não subestime seu potencial, faça diferença, lembre-se, assim como a paz, a felicidade não está fora de nós, ao contrário, está tão internalizada que precisamos buscá-la com intensidade, trazendo-a para fora, vivendo cada minuto com intensidade.

Missão de vida